A Christmas Carol Tribute #SevenMaryChristmas

by - 11:36 AM


Tanto para falar em tão poucas linhas... Os Fantasmas de Scrooge ou A Christmas Carol, foi eleito para receber um tributo meu. Durante o natal eu costumo ler ou até mesmo ver pelo menos duas versões dessa história e isso é o que faz acender por completo meu espírito natalino.

Por ser uma postagem longa, deixo a seu critério ler por completo ou pular para as partes que te interessam. Para isso, bata clicar no menu abaixo e ele vai te direcionar para o tópico que você quer ir. Não se esqueça de comentar ao final da postagem e dar uma vasculhada pela TAG: #SevenMaryChristmas assim pode rever tudo que já foi colocado e aproveitar para ler o que faltou, okay?

A Christmas Carol Tribute:




A Origem

O Ano era 1843, Inglaterra. No dia 19 de dezembro daquele ano, acabava de ser lançado um livrinho ilustrado, escrito pelo senhor Charles Dickens: A Christmas Carol. E porque esse nome? Tanto na Inglaterra quanto aqui nos Estados Unidos, eles usam esse termo para falar a respeito das músicas natalinas. Qualquer música tocada/tematizada pelo natal, recebe o nome de "Christmas Carol".

O livro em si não fala de nenhuma música, mas se tornou tão popular e conhecido quanto uma. Foram vendidas seis mil cópias em apenas uma semana nas lojas, ganhando assim seu espaço nas celebrações natalinas.

A História

Ebenezer Scrooge é a estrela da nossa história. Nunca ouviu falar dele? Bem, ele é bem mais conhecido por Senhor Scrooge, um velho ranzinza e materialista que abomina o natal. Scrooge herdou o escritório onde trabalha, de seu ex-sócio e tão pior quanto Scrooge, Jacob Marley, que faleceu a alguns anos do dia em que a história se passa.

Scrooge é chefe de um homem muito humilde, Bob Cratchit, que trabalha para sustentar quatro filhos, dentre eles o pequeno Tim que possui uma deficiência muito grave em uma das pernas. Mesmo com a véspera do Natal chegando, Scrooge obriga Bob a trabalhar em condições horríveis e com um salário baixíssimo, afinal, quem precisa de dinheiro além dele? "Ajudar o abrigo de orfãos da cidade? Eles que trabalhem como escravos para pagar seu sustento." 

É naquela noite, no conforto de sua casa, que Scrooge vê o espírito de Jacob, carregando correntes e mais correntes pesadas. Jacob conta que as correntes foram feitas elo a elo por todas as coisas ruins e mesquinhas que ele havia feito em vida e que Scrooge teria o mesmo destino se não o ouvisse com atenção:

"Vim esta noite para avisar-te de que ainda te resta uma esperança, uma oportunidade de escapar a um destino semelhante ao meu. É uma esperança, uma oportunidade que eu venho trazer-te, Ebenezer. (...) Vais ser visitado por mais três espíritos (...) Se não receberes a visita deles, podes perder a esperança de escapar a um destino igual ao meu. Aguarda a visita do primeiro espírito amanhã ao bater da uma hora. (...)  O segundo aparecerá na noite seguinte, à mesma hora, e o terceiro na outra noite, ao bater a última badalada da meia-noite. Não esperes tornar a ver-me, e não te esqueças, no teu próprio interesse, de conservar a lembrança de tudo que se passou entre nós."

O que se passou durante aquelas próximas horas na presença dos espíritos, fica por conta de você descobrir. Não se preocupe, A Christimas Carol é um clássico do cinema e das livrarias, basta encontrar agora qual versão você prefere:

Quero Ler

Sou daquelas que primeiro precisa ler, para depois assistir. Se você também é assim, talvez prefira também encontrar sua versão preferida em uma livraria, certo? Fiz uma sugestão com duas versões diferentes que eu tenho aqui em casa e gosto muito. Se quiser dar uma pesquisada, deixei o link de onde encontrar.
Título: Cântico de Natal
Língua: Portugues
Descrição: Brochura
Formato: Livro

Porque ler está versão: A história foi traduzida sem quase nenhum erro de interpretação, ficando assim muito próxima a versão original de Charles Dickens. É importante ressaltar que ele não é muito grande, então não tenha preguiça de ler. O Preço está na média dos livros, talvez olhando um pouco mais pelos sites você encontre por menos de quinze reais.

Título: A Christmas Carol
Língua: Ingles
Descrição: Capa dura, estilo antigo.
Formato: Livro

Porque ler está versão: Se você quer "treinar" outra língua, sempre indico que comece lendo algo que você já tem muito conhecimento. Por exemplo, se você conhece muito uma história em portugues, tente achar o mesmo livro em inglês e isso vai facilitar a tradução. 
Gosto muito desse estilo de capa, faço coleção dessas edições "estilo antigo, capa dura" mas confesso que o preço não é barato, então é algo a se pensar.


Quero Assistir

Quando conheci essa história era muito nova para lembrar exatamente qual era a versão, porém, ao longo dos anos, acabei ficando com três delas, que hoje são minhas favoritas. Vou disponibilizar o link nas imagens, assim, quando quiser assistir é só clicar nelas!

Gosto muito das três, mas atualmente minha favorita é a versão de 2009, feita com o Jim Carrey. A versão dos Muppets provavelmente empata com a da Disney em "quantidade de vezes assistidas" mas logicamente, você tem que gostar de um ou de outro para também gostar da versão, afinal, o estilo é muito específico. Como sou muito fã dos Muppets e da Disney, sempre procuro uma das duas para assistir e indico para quem gosta também.


         


Comentários da Mary

Eu sei que parece uma história muito boba olhando assim de longe, mas eu acredito que sempre começamos o ano com boas vibrações e no final dele, próximo ao natal, já estamos carrancudos, grossos, mesquinhos e desanimados.

Como disse e volto a repetir, esse é o filme que me faz perceber que precisamos celebrar, não uma data, mas o "ESPÍRITO DO NATAL". Precisamos sentir esse amor em excesso, essa vontade de presentear, de doar, de se doar por uma boa causa. É o momento de estar em família ou melhor, de estar com aqueles que se ama independente de terem ou não o mesmo sangue que o seu e mostrar toda sua gratidão por ter eles em sua vida.

Natal tem um significado diferente para cada um, mas no meu caso, é o momento de ter uma conversa com os espíritos dos meus natais passados, presentes e futuros, perceber meus erros e na manhã da véspera de natal, acordar renovada e consciente do que preciso mudar para me tornar alguém melhor dali a uma semana do ano novo.

Espero que depois de toda essa propaganda, você tire alguns minutos do seu dia e se entregue a mensagem desse filme. Que seja visitado também pelos três espíritos e que eles te mostrem aquilo que é necessário para que você mude também, para melhor.

Amanhã tem mais #SevenMaryChristmas mas até lá, me conta, já conhecia essa história? O que o natal significa para você? Deixe aqui nos comentários que estou louca para saber!






You May Also Like

0 comments